Jornal do Brasil

Internacional

Jovem italiana é sequestrada no Quênia

Silvia Romano trabalha para uma ONG no país africano

Jornal do Brasil

Homens armados sequestraram uma voluntária italiana de 23 anos na cidade de Chakama, no litoral do Quênia, na África.

O rapto ocorreu às 20h (horário local) da última terça-feira (20), durante um ataque que deixou um adolescente de 12 anos ferido. Ainda não se conhece a autoria e os motivos da ação. A vítima do sequestro se chama Silvia Romano e trabalha para a ONG italiana "Africa Milele", que é direcionada a crianças. Ela é originária de Milão.

"Pelo que os moradores do vilarejo nos contaram, quatro ou cinco indivíduos armados chegaram e lançaram um petardo, levantando areia e disparando várias vezes. Depois foram à casa de nossa voluntária, provavelmente porque sabiam que ali vivia uma italiana, mas ainda não sei explicar os motivos", disse a presidente da ONG, Lilian Sora.

O caso é acompanhado pelo Ministério das Relações Exteriores da Itália, em cooperação com as autoridades quenianas.