Putin diz a Pence que a Rússia não interferiu nas eleições dos EUA

O presidente russo, Vladimir Putin, assegurou ao vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, durante uma reunião em Singapura, que a Rússia não interferiu nas eleições de 2016, disse o Kremlin nesta segunda-feira.

Na semana passada, Vladimir Putin e Mike Pence realizaram uma reunião informal por dez minutos na cúpula da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) em Singapura.

"Os americanos não param de falar, como um mantra, de interferências nas eleições. Pence naturalmente iniciou a discussão sobre o assunto", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, durante um programa transmitido pela rádio no domingo à noite na televisão russa.

De acordo com Peskov, a Rússia "também repete como mantra: por que eles não nos entendem? Como explicar a eles mais uma vez que o governo russo não pode e não tem nada a ver com casos de interferência em assuntos internos ou processos eleitorais?".

Os Estados Unidos acusam a Rússia de influenciar a eleição presidencial de 2016, hackeando as caixas de e-mail dos funcionários do Partido Democrata e organizando uma campanha na mídia social para interromper o processo democrático nos Estados Unidos.

Uma investigação procura determinar se houve conluio entre a Rússia e a equipe de campanha do bilionário americano Donald Trump, o que o presidente sempre nega.

rco/tbm/gmo/cac/sag/me

/cn