Jornal do Brasil

Internacional

Herdeiro da coroa, príncipe Charles celebra 70 anos

Ativista ambiental, ele terá de deixar política se virar rei

Jornal do Brasil

O príncipe Charles do Reino Unido completa 70 anos nesta quarta-feira (14). Filho mais velho da rainha Elizabeth II, ele ocupa o primeiro lugar na linha de sucessão do trono há mais de 60 anos, o maior período de espera na história da monarquia britânica.

O príncipe de Gales, duque da Cornualha, conde de Chester, entre tantos outros títulos, defendeu sua atual liberdade em documentário produzido pela "BBC" por ocasião do seu aniversário. Charles é ativista de causas como proteção do meio ambiente e preservação da arquitetura, mas como rei não poderá mais assumir essas bandeiras.

À "BBC", o príncipe declarou estar ciente de que, caso substitua a rainha, não poderá agir da mesma forma nem poderá interferir na política do Reino Unido. "Não sou idiota", disparou. A produção o acompanhou durante um ano, mostrando sua rotina na realeza e entrevistas exclusivas.

Charles já causou polêmicas com seus comentários políticos, como a comparação entre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o nazista Adolf Hitler, o que fez Moscou pedir explicações ao governo britânico em 2014. "Sei que ser rei é um exercício separado, então entendo completamente como isso deve funcionar", disse.

Segundo ele, ser soberano ou príncipe de Gales são funções distintas. Intitulado "Príncipe, Filho e Herdeiro: Charles aos 70", o documentário ainda afirma ser um "retrato íntimo e revelador do herdeiro do trono".

O aniversário do príncipe também foi ocasião para a divulgação de uma nova foto da família real britânica, com Charles e sua esposa, Camilla, duquesa da Cornualha, além dos netos Louis, George e Charlotte, bem como os dois filhos do príncipe, William e Harry, e suas esposas, Kate, duquesa de Cambridge, e Meghan, duquesa de Sussex, respectivamente.

Charles se tornou herdeiro quando sua mãe foi coroada rainha, em 1953. Ele foi nomeado príncipe de Gales aos nove anos, em 1958, e em 1970 se tornou o primeiro membro da família real a obter um diploma, ao se formar na Universidade de Cambridge em arqueologia e antropologia. O príncipe também serviu à Marinha, e com o dinheiro que recebeu das Forças Armadas fundou uma organização de caridade chamada "The Prince's Trust".

Charles se casou com Diana Spencer em 1981, no que foi chamado de "o matrimônio do século". O casal era muito querido pelo público e esteve sempre sob os holofotes, mas teve um fim conturbado, em 1992. Lady Di morreu em um acidente de carro em Paris, em 1997, o que tornou ainda mais difícil a aceitação pública do segundo casamento de Charles, com Camilla, em 2005.

Hoje o príncipe de Gales espera a vinda de seu quarto neto, o primeiro filho de Harry e Meghan Markle, previsto para nascer na próxima primavera europeia.