Jornal do Brasil

Internacional

Concordo que exportações de armas a sauditas não podem continuar, diz Merkel

Jornal do Brasil

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou que apoia o congelamento das exportações de armas para Arábia Saudita após a morte do jornalista Jamal Khashoggi. A repórteres, ela disse que "concordo com todos aqueles que dizem que as já limitadas exportações de armas (...) não podem continuar na situação em que estamos".

O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas, pediu no sábado por uma pausa do governo alemão nas exportações de armas enquanto a investigação sobre a morte de Khashoggi continua.

Merkel reiterou sua condenação ao acontecido no consulado da Arábia Saudita em Istambul e seu pedido anterior para o reino esclarecer o incidente e responsabilizar os culpados. Ela disse que a Alemanha discutirá mais "reações" ao caso com seus parceiros internacionais.

 



Recomendadas para você