Jornal do Brasil

Internacional

Jordânia quer recuperar terrenos arrendados a Israel por acordo de paz

Jornal do Brasil

O rei Abdullah II da Jordânia anunciou neste domingo que seu país notificou Israel sobre a vontade de recuperar os territórios arrendados a este país por um período renovável de 25 anos em virtude do acordo de paz de 1994.

"Informamos a Israel que acabamos com a aplicação dos anexos do tratado de paz relativos a Baqura e Ghumar", afirmou o rei, citado pela agência oficial Petra, antes de destacar que "Baqura e Ghumar são territórios jordanianos e continuarão sendo jordanianos".

"Baqura e Ghumar sempre foram prioritários e decidimos encerrar a aplicação dos anexos do tratado de paz para responder às preocupações da Jordânia e dos jordanianos", completou.

O tratado de paz assinado em 26 de outubro de 1994 entre Israel e Jordânia determina que o Estado hebreu pode explorar estas terras por um período de 25 anos, renovável automaticamente se nenhuma das partes informar com um ano de antecedência a intenção de encerrar a aplicação dos dispositivos relativos a estes territórios.

Baqura é uma zona de fronteira da Jordânia, de seis quilômetros quadrados, ao leste do Jordão na província de Irbid (norte), enquanto Ghumar é um setor fronteiriço de jordaniano de quatro quilômetros quadrados situado na província de Aqaba (sul).

kt/feb/hj/pa/age/fp



Recomendadas para você