Jornal do Brasil

Internacional

Papa faz discurso em defesa das minorias

Jornal do Brasil

O papa Francisco fez neste sábado (29) um discurso em defesa dos direitos das minorias, durante uma audiência com membros da Associação Nacional da Polícia de Estado da Itália, no Vaticano.

Em seu pronunciamento, o líder da Igreja Católica afirmou que, sem uma "cultura da legalidade, do respeito e da segurança, nenhum contexto social pode alcançar o bem comum".

"O bem de uma sociedade, de fato, não é ditado pelo bem-estar da maioria ou pelo respeito dos direitos de 'quase todos'. Ele é ditado, em vez disso, pelo bem da coletividade, de um modo que, quando um sofre, todos os membros sofrem com ele", disse.

Francisco também declarou que, quando faltam legalidade e segurança, os mais frágeis são os primeiros a sofrer. "Cada injustiça atinge sobretudo os mais pobres e todos aqueles que, em vários modos, podem ser chamados de 'últimos'", ressaltou.

"Os 'últimos', no nosso mundo, são aqueles que deixam sua terra por causa da guerra e da miséria e devem recomeçar do zero em um contexto totalmente novo", completou.



Recomendadas para você