Tsunami na Indonésia deixa centenas de mortos

Centenas de pessoas morreram na Indonésia em razão do terremoto seguido de tsunami que abalou a ilha Célebes na sexta-feira, comprovou neste sábado um fotógrafo da AFP.

A catástrofe deixou pelo menos 384 vítimas. Fotos tiradas na cidade de Palu, de 350 mil habitantes, mostram corpos ao longo da costa um dia após o tsunami com ondas de até 1,5 metro.

Segundo o Instituto Geológico dos Estados Unidos (USGS), o terremoto atingiu 7,5 graus de magnitude, e foi mais forte que a série de tremores que deixaram mais de 500 mortos e 1.500 feridos na ilha indonésia de Lombok, na região de Bali.

"O tsunami ocorreu as 18H22 local (...) e produziu ondas de 1,5 metro na costa da região de Palu", informou a presidente da agencia indonésia de geofísica, Dwikorita Karnawati.

Rahmat Triyono, chefe da divisão de terremotos e tsunamis da agência de geofísica, confirmou que a cidade de Palu, no centro da ilha Célebes, foi atingida por uma enorme onda.

O pânico levou os habitantes a fugir para os pontos mais elevados da cidade, segundo imagens das televisões locais.

Os danos são importantes. Imagens difundidas pelos meios de comunicação mostram a queda de um andar em um shopping de Palu, prédios parcialmente destruídos e rachaduras em estradas e calçadas.

Macaque in the trees
Tsunami deixou centenas de mortos (Foto: AFP PHOTO / MUHAMMAD RIFKI)

"Há informações sobre vários prédios que caíram com o terremoto", disse o porta-voz da agência de gestão de desastres, Sutopo Purwo Nugroho. "Os habitantes entraram em pânico e saíram correndo de suas casas".

O epicentro foi situado 78 km ao norte de Palu, e o tremor foi sentido até o sul, onde está Macasar, capital da ilha. A terra também tremeu na vizinha Kalimantan e em Samarinda, do outro lado do estreito de Macasar.

Em 26 de dezembro de 2004, a Indonésia sofreu uma série de sismos devastadores, um deles de magnitude 9,1, na ilha de Sumatra. Este tremor motivou um grande tsunami que provocou a morte de 220.000 pessoas na região, 168.000 delas na Indonésia.

Este foi o terceiro maior terremoto no mundo desde 1900.

Em 2006, quase 6.000 pessoas morreram em um violento sismo que atingiu a ilha de Java. Esse terremoto, de magnitude 6,3, segundo o USGS, aconteceu em uma populosa zona ao sul da grande cidade universitária de Yogyakarta e deixou 38.000 feridos. Mais de 420.000 pessoas perderam suas casas.

str-pb/am/lr