Cristóvão Colombo no Senado

Após dois dias de exaustivas e tensas sessões, neste sábado (27) os ânimos parecem mais calmos no Senado, onde está sendo julgado o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. E o cansaço também começa a bater forte entre os participantes.

Nesta tarde, durante o pronunciamento do senador Cristovam Buarque (PPS-DF), o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que conduz os trabalhos, o chamou de "Cristóvão Colombo".

Buarque riu e disse que se sentia honrado: "Pode até me chamar de Cristovam Colombo Buarque de Hollanda", complementou, brincando.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais