Maluf continua fazendo escola

Enquanto as denúncias que vêm à tona nas delações da Operação Lava Jato atingem a uma quantidade cada vez maior de políticos, na mesma proporção se multiplicam as justificativas dos acusados, afirmando que nada sabem, que desconhecem as informações e que nunca autorizaram ninguém a falar no nome deles.

Estes mesmos políticos, que no passado acusavam o ex-governador Paulo Maluf de mentir, agora usam do mesmo expediente que ele sempre usou: negar, negar, negar. Até hoje ninguém sabe se Maluf mentia ou não. Mas hoje, mais de 20 anos depois, aqueles que apontavam o dedo com ofensas contra a dignidade do ex-governador usam as mesmas frases. Todos eles, supostamente envolvidos na corrupção da Lava Jato, usam, já usaram e ainda vão usar tais afirmações.