A hora da Andrade

O jornalista Lauro Jardim publicou na tarde desta segunda-feira, na sua coluna na revista Veja, a seguinte nota:

"A Andrade Gutierrez respirou aliviada por ter sido deixada de lado nas prisões e buscas e apreensões de sexta-feira passada. Mas se depender dos depoimentos de Alberto Youssef, no momento em que o lobista Fernando Baiano abrir o bico, o foco poderá voltar para a empreiteira.

Em um dos depoimentos já prestados, Youssef disse: "Quem tratava na Andrade era o Fernando Soares e provavelmente com o presidente do conselho, que era o doutor Otavio (Azevedo)".

Parece que a música que cantarolavam os empreiteiros presos na sexta-feira já está identificada pelo jornalista Lauro Jardim.