"Aécio falou besteira e se apequenou", rebate Jorge Viana sobre o ataque a Lula

Do Acre, aonde se empenha na campanha eleitoral, o senador petista Jorge Viana deu o troco ao seu colega e amigo, o senador tucano Aécio Neves. “Tenho uma relação pessoal muito boa com o Aécio, mas talvez esta seja a maior besteira que ele falou. Se seguir neste caminho, falando besteira, vai terminar se apequenando”, rebateu Viana

O mineiro, já preparando sua provável campanha à presidência em 2014, foi para Maceió apoiar os tucanos na campanha eleitoral e acusou o ex-presidente Lula de abdicar da sua condição “de ex-presidente de todos os brasileiros para ser líder de facção” (veja aqui).

Na defesa do ex-presidente, Viana lembrou que “pela sua historia de vida,  pelo que fez pelos brasileiros e pelo país e pelo que ainda vai fazer, porque está melhor do que nunca, em todos os sentidos, Lula merece o respeito, mesmo de quem lhe faz oposição”.

O petista também cobra a acusação de que seu partido – PT – é uma facção: “se ele chama o Partido dos Trabalhadores de facção, qual será seu conceito do PSDB?”, questiona para, em seguida, concluir: “as declarações do Aécio foram infelizes e o diminuem”.