Sérgio Cabral entra mudo e sai calado de cerimônia com Lula, no Rio

O governador Sérgio Cabral (PMDB) segue em silêncio absoluto desde que vídeos de festas suas com o dono da Delta, Fernando Cavendish, foram divulgadas pelo deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ). Na cerimônia de entrega do prêmio Honoris Causa, ele não fez qualquer discurso e também evitou a imprensa no Teatro João Caetano. 

Blindado contra vaias

Ciente de que boa parte do público no local da homenagem era composto por estudantes das faculdades que concediam o Honoris Causa a Lula, Sérgio Cabral entrou blindado para não receber vaias. Enquanto todas as pessoas que ficaram no palco foram apresentadas individualmente, Cabral foi chamado junto de Dilma. Ao invés de vaias, o que se ouviu foram apenas a gritos e saudações para a presidente.