TV CNC: setor de serviços deve ter ano estável

Apesar de ter crescido em novembro, a receita do setor de serviços provavelmente fechou 2016 com o pior desempenho em toda a série da Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE.

Na avaliação da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o ano de 2017 ficará próximo da estabilidade, refletindo fatores de melhoria da economia, como queda da inflação, redução de juros e retorno da confiança dos empresários e consumidores.

Em novembro, destacaram-se negativamente os serviços de transportes, os serviços profissionais administrativos e complementares e ainda os serviços prestados às famílias.