Juliano Laham desabafa: "Não é todo árabe que apoia ataque terrorista”

No ar em "Malhação", o ator faz questão de manter tradições árabes com a família

No time de atores da atual temporada de "Malhação" (Globo) depois de ganhar as telas após interpretar um falso participante árabe do "BBB16", Juliano Laham falou à coluna sobre a intolerância que seus pares de origem libanesa enfrentam nesses tempos de cólera, intolerância e preconceito.

“Fico triste em sentir que o povo árabe hoje em dia é visto como gente perigosa. Não se pode generalizar. Não é todo árabe que apoia esses ataques (terroristas), por exemplo. Sou de origem libanesa, católico, da paz e também me preocupo com esses ataques. Assim como me preocupo com a violência no Brasil, a crise econômica, a fome no mundo…”, desabafou o jovem ator de 24 anos.

Mesmo diante do preconceito, Juliano e sua família mantém tradições e conversam em árabe no cotidiano. O sangue libanês, portanto, é mais que motivo de orgulho.