Maria Ribeiro sobre a saída do "Saia Justa": "Foram quatro anos lindos de uma troca real"

"Também fiquei triste, mas tá tudo certo, sei que Barbara e eu deixamos nossa marca", disse 

Direto de Paris, onde passa férias com um dos filhos e mais duas amigas, Maria Ribeiro finalmente quebrou o silêncio e falou sobre sua demissão do GNT - simultaneamente a exibição do "Saia Justa", que estava em despedida de temporada.

Como se sabe, Maria e Bárbara Gancia tiveram seus contratos reincididos pela GloboSat. No lugar de Maria, entra a atris Taís Araújo a partir de 2017. A substituta de Bárbara ainda não foi revelada.

Maria disse que a entrada de Taís "vai ser massa".

Segundo Maria, "antes de mais anda", ela quer "agradecer as inúmeras mensagens de amor" que tem recebido. "Também fiquei triste, mas tá tudo certo, sei que Barbara e eu deixamos nossa marca. Foram quatro anos lindos de uma troca real e transformadora entre mulheres incríveis, com quem aprendi muito e vou continuar aprendendo, porque o que não falta nessa vida é mulher interessante para ocupar aquele sofá. A todos vocês, a Astrid (Fontenelle), a Barbara (Gancia), a Mônica (Martelli), a minha gratidão”.

Agora, Maria Ribeiro continua assinando uma coluna quinzenal, às quartas, no Jornal O Globo. Ela está escrevendo seu segundo livro - de cartas -, e também continuará em turnê com o projeto "Você é o que lê", ao lado de Xico Sá e Gregório Duvivier.