Brinquedos, Boni, Maricá: enredos para 2014 já vão sendo definidos pelas escolas

Contratos começam a ser renovados: Roberto Szaniecki segue na Grande Rio; Renato Lage, no Salgueiro

Confira também o nosso blog.

É consenso geral no mundo do samba: quanto mais cedo se inicia um trabalho em torno de um enredo, mais cedo são encerradas as tarefas em um barracão de escola de samba. E, pensando nisso, algumas agremiações já começam a definir seus temas para o Carnaval 2014, justamente para que o ano de 2013 transcorra sem sobressaltos.

Na Beija-Flor de Nilópolis, por exemplo, o martelo já está batido: o enredo para 2014 será um tributo a José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, ex-diretor da Rede Globo e um dos ícones da história da televisão no Brasil. Neguinho da Beija-Flor, aliás, já anunciou que até concorrerá com um samba na disputa da escola, por se tratar de uma homenagem a um grande amigo seu.

Com o contrato do carnavalesco Roberto Szaniecki renovado, a Grande Rio está prestes a confirmar a celebração dos 200 anos da cidade de Maricá como enredo para 2014. E, por falar em contrato renovado, Alex de Souza também segue na União da Ilha, que, ano que vem, falará sobre a história dos brinquedos e das brincadeiras de criança, tem que já foi quase levado à Sapucaí pela escola por diversos anos.

Na Vila Isabel, basta apenas Rosa Magalhães dizer 'sim' para sua permanência ser efetivada. E lá, pelos lados da campeã de 2013, deve reinar mais um enredo sobre o campo, em 2014. Motivo: a parceria com a empresa alemã de defensivos agrícolas Basf foi renovada.

No Salgueiro, Renato e Márcia Lage seguem no comando do desfile da escola. E, na Unidos da Tijuca, Paulo Barros já pensa em mais um de seus enredos mirabolantes para o próximo ano. Em seu Facebook, o mago postou um trecho da música 'O que você faria?', de Lenine: "O que você faria se só te restasse um dia? Se o mundo fosse acabar, me diz o que você faria... Que venha 2014!". Já estamos ansiosos!

Colaborou Beatriz Medeiros

[email protected]