Salve Jorge: Glória Perez se irrita com crítica e rebate citando autores globais

Comentários sobre audiência 'emperrada' e comparações com tramas passadas irritam autora

Confira também o nosso blog.

Todos sabíamos que a missão não seria das mais triviais: após o fenômeno de repercussão chamado 'Avenida Brasil', a novela 'Salve Jorge', com quase um mês de exibição, ainda vem enfrentando críticas que variam entre argumentos sólidos e construtivos e os lamentos das 'viúvas' de Carminha. Na prática, a trama de Glória Perez ainda não engrenou no Ibope, realmente, com uma oscilação gritante (entre 27 e 35 pontos de média, em geral). 

Nos primeiros 22 capítulos do folhetim, 'Salve Jorge' tem média pouco superior a 31 pontos, o que está mais próximo de uma meta tradicional de uma novela das sete (30 pontos) do que a meta de uma trama de horário nobre (40). Ontem (15), feriado, o capítulo da novela registrou média de 29 pontos.

Dentre algumas críticas à história de 'Salve Jorge', comenta-se sobre a repetição de certos traços de Glória Perez sinalizados em roteiros passados, como em 'O Clone' ou 'Caminho das Índias'. Irritada com o peso das análises negativas sobre sua obra, Glória chegou a desabafar no Twitter: "Vão encher o saco do Maneco no próximo Leblon/Helena e do João Emanuel Carneiro nos próximos personagens dúbios 2 mulheres/vingança?", postou a autora.

[email protected]