Madonna pode ser proibida de fazer show no país do Papa João Paulo II

Organização polonesa de jovens católicos conservadores quer cancelar a apresentação

Confira também o nosso blog.

Muito antes de Lady Gaga engolir um terço no clipe de Alejandro, Madonna gosta de provocar a igreja católica. O novo capítulo dessa relação turbulenta está rolando por conta da passagem da turnê MDNA na Polônia, país onde nasceu o Papa João Paulo II. 

Uma organização conservadora de jovens católicos criou um abaixo assinado online para cancelar a apresentação que a loura fará em Varsóvia, no dia 1º de agosto. O grupo já recolheu cerca de 15 mil assinaturas e pretende chegar à marca de 100 mil para impedir que Madge suba ao palco. A Rainha do Pop é acusada por eles de ofender Jesus Cristo, incentivar a homossexualidade e promover a pornografia.

Vale lembrar que Madonna já causou furor com a Igreja Católica durante a turnê Confessions, na qual ela era crucificada com uma coroa de espinhos em uma cruz espelhada como uma disco ball.

O protesto pode até conseguir adeptos, mas achamos difícil que a apresentação seja cancelada. De qualquer forma, se eles não quiserem assistir ao show da MDNA Tour, não precisa ficar triste, Madge. Nós estamos ansiosíssimos para a sua chegada aqui, em dezembro. 

[email protected]