Em entrevista, Joelma, da Banda Calypso, fala sobre agressões cometidas pelo pai

Ao lado do marido Chimbinha, cantora é a entrevista de domingo (22), no 'De Frente com Gabi'

Confira também o nosso blog.

São mais de 10 milhões de cópias vendidas, excursões pelos Estados Unidos, Europa e Angola e um longa-metragem sobre sua carreira, previsto para 2013: sucesso incontestável (e merecido) alcançado pela dupla Joelma e Chimbinha, da Banda Calypso, entrevistados de domingo (22) no programa 'De Frente com Gabi', no SBT, comandado por Marília Gabriela.

"Talvez seja a Déborah Secco, mas ainda não está certo", comentou Joelma, durante as gravações, ao citar quem irá interpretá-la no filme que versará sobre a estrada da banda, trecho da vida da cantora que vem depois de seu passado difícil com a presença agressiva de seu pai. "Meu pai saiu para trabalhar um dia e nunca mais voltou. Depois eu fiquei famosa e ele apareceu na TV dizendo que tinha sido injustiçado. Ele batia muito na minha mãe. Lembro dele batendo no meu irmão com fio elétrico", revelou Joelma a Gabi, lado a lado de seu marido, o parceiro para todas as horas Chimbinha.

"Por eu ser muito tímido, fizeram um trocadilho invertendo “bichinha” para “chimbinha”", explicou o paraense, fã de camarão com açaí e consciente do status que a música de sua banda ocupa diante da mídia, atualmente: "Quando o Calypso surgiu, não prestava. Hoje é “cult”".

[email protected]