Bafo: Rei Momo Gay sofre preconceito no Carnaval do Rio!

Confira também o nosso blog.

Uma notícia bem chata vem circulando pela rádio-fofoca do Carnaval do Rio, em pleno 2012, século 21: a Corte Gay da folia carioca (composta por duas princesas, uma rainha e seu Rei Momo, Rafael Silva) estaria sendo vítima de discriminação nos eventos carnavalescos. Nenhum convite, até agora, para baile, desfile ou ensaio. 

Aliás, durante as gravações do videoclipe oficial da campanha Rio Carnaval Sem Preconceito, a Corte Real do Rio teria pedido para não cruzar com a trupe gay, nos bastidores. Lamentável!

Os nobres coloridos pedem apoio a empresários, carnavalescos e presidentes de agremiações e blocos: também querem curtir a festa!

Aqui na coluna, podem ter certeza, o tapete vermelho é estendido para todas as orientações sexuais. Viva a Corte Gay do Carnaval!

[email protected]