Resumão fashion: primeiro dia de desfiles do Minas Trend Preview

Do glamour setentista ao gótico, vem conferir o que rolou na passarela de Inverno 2012

Confira também o nosso blog.

Seis marcas subiram à passarela montada no Expominas no primeiro dia de desfiles do Minas Trend Preview Inverno 2012. No corpo das modelos passaram opções para todos os gostos que iam desde à meninice fashion da Maria Garcia ao glamour setentista da marca Última Hora, passando pelas bijuterias rebuscadas com ares góticos de Claudia Arbex e peas bolsas glamurosas deRogério Lima.

A moça que veste Maria Garcia está crescendo e a silhueta de suas roupas fica a cada dia mais parecida com a de sua marca mãe, a Huis Clos - ambas comandadas por Clô Orozco. Uma profusão de estampas florais, casacos pesados de lã, veludo ou tricô em contraste com a leveza das calças, vestidos e saias de seda com toques de transparência.  Nos acessórios, correntes revestidas de crepe de seda e pelerines de pele que se transformavam em chapéus que pareciam terem vindo do leste europeu.

A mineira Claudia Arbex adicionou às suas clássicas franjas de metal e profusão de cristais um tom gótico, através de cruzes e pinos de metal. As peças se mesclavam ao vestido longo cru que, combinado com coturnos pretos, deram o tom de cruzadas cristãs.

A Apartamento 03 apostou em peças-conceito volumosas, cuja textura lembrava ouriços do mar e também migrou para os colares mostrados no final do desfile. A alfaiataria estruturada era suavizada pela renda e pela costura aparente, como se as peças estivessem do lado avesso. Tudo sempre em tons de preto e verde escuro.

Na E.Store, Eduardo Amarante usou a cartela de cores básica (branco, preto e azul) para trabalhar as formas retas e vestidos fluidos. A aposta forte na alfaiataria ficou mais feminina com transparências, fendas profundas e bordados em cristais. Detalhe: a coleção inteira foi feita em 7 dias!

As bolsas estruturadas ditaram o desfile de Rogério Lima, fossem pequenas e carregadas em grupos de três ou quatro ou maiores, feitas especialmente para carregar um cachorrinho, inclusive. Recortes geométricos e o uso da pelúcia se repetiram durante toda a apresentação feminina enquanto as peças masculinas mesclavam o verniz monogramado e a estampa de píton.

O clima setentista não vai ficar só no Verão que está chegando. A Última Hora mostrou como o clima paz e amor vai aparecer no Inverno, com veludo, bordados étnicos, pele fake e mistura de materiais e padronagens - tricô com floral, tweeds, camurça e os longos vestidos esvoaçantes, claro. Ah, para entrar no clima, pode resgatar seus óculos escuros com lentes degradê

[email protected]