Unhas sem preconceito

Nos Estados Unidos, é um business de US$ 1.6 bilhão, tendendo a aumentar. Esmaltes e cuidados com as unhas competem com o gloss em números nas vendas - até agora, o produto para lábios era campeão nas nécessaires das americanas.

No Brasil, o sucesso deve superar o americano, pelo menos em quantidades de vidrinhos comprados pelas brasileiras. Afinal, a competência da manicure nacional é reconhecida no mundo inteiro, e muitas profissionais de cidades como Nova York e Paris são brasileiras.

 Unhas decoradas - este assunto provoca reações variadas e opostas. No Norte do país, as noivas agendam o dia de decorar as unhas para seus casamentos. Esta onda ainda encontra resistência entre as meninas do Rio e São Paulo. Estes narizinhos torcidos devem se render em breve aos modismos de ter poás, flores, borboletas, listras, bandeiras ou padrões de peles de animais desenhados com pincéis finissimos por artistas - ou melhor, nail designers - nos salões. 

Na Academia Werner, a prova começa pelas mãos das próprias instrutoras. Em entrevista, o trio Telma Beatriz, Vania Gonçalves e Tais Rodrigues, comentaram a qualidade prática das unhas artificiais, que resistem até à tarefa de lavar louça e exigem apenas uma manutenção mensal. "Mas demorei para curtir as unhas decoradas. Agora, acho lindo e moderno", contou Telma, recém-vinda de um congresso em Las Vegas. Outra novidade é a Filha Única, estilo que tanto pode ser uma unha pintada de cor diferente das outras, como uma só com uma textura. Uma das mais pedidas é a Filha Única Caviar - como o nome diz, uma unha tem um relevo de bolinhas que lembram o caviar. A Taís preferiu outra versão: uma unha pintada com esmalte fosco, as outras, com brilho, mas todas em rosa-pink. 

Se ainda havia dúvidas sobre a elegância ou não das unhas decoradas, chega a notícia das edições limitadas da YSL, a Manucure Couture Les Fauves. Ou seja, duos de esmaltes em cores contrastantes, com texturas mate e brilhantes para criar unhas com o desenho da pele de leopardo. São quatro Duos, nos tons Dourado, Prata, Areia e Jade. O kit custa R$ 135. Mais chique do que isto, só as unhas pintadas com esmalte de ouro - o vidrinho custa R$ 2.500, segundo a instrutora Vania.

Cores brasileiras - a Colorama anuncia a linha África à Vista, com tons terrosos, azulados e até um amarelo, prosaicamente chamado Banana. Nas propostas da Risqué, a novidade é a linha de canetas para decoração, nas cores Branco Neve, Preto Noite, Ouro Glam, Verde Tropical e Rosa Floral.