Marcelo Oliveira analisa empate do Flu: "Marcação não encaixou"

Técnico avaliou como justo resultado de 1 a 1 com Bahia e espera fazer ajustes na semana sem jogos

Após o empate em 1 a 1 com o Bahia no Maracanã, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Marcelo Oliveira analisou a partida. Para o treinador, o Fluminense não encaixou a marcação e espera ajustar o time durante a semana sem jogos. O tricolor volta a campo no próximo dia 13 de agosto, quando enfrenta o Internacional no Maracanã, pela penúltima rodada do turno da competição.

Análise

Fica um gosto amargo em função de estarmos ganhando e, aos 31 minutos do segundo tempo, perdemos um gol que poderia ter definido o jogo com Matheus Alessandro, mas o Bahia jogou muito bem, trouxe dificuldades técnicas e jogadas pelas laterais do campo, tentamos marcar, sair mais, mas ficou justo pelo que o Bahia fez.

O jogo

Resultado justo é de quem faz os gols. A questão de posse de bola, ela nem sempre evidencia o melhor do jogo, mas o Bahia jogou muito bem, foi melhor no jogo no primeiro tempo, nós marcamos muito mal, não encaixou a marcação principalmente no lado direito e no segundo tempo foi lá e cá.

Substituições

As substituições foram feitas em função de aspecto clínico, o Airton estava com cartão amarelo, a tentativa foi de dar uma fortalecida com o Richard e o Jadson fazendo o lado direito, essas dificuldades se davam porque o Zé Rafael saía muito pelo lado do campo, melhorou um pouco, mas não foi suficiente.

Desafios

Esse tem sido o desafio, de ter uma regularidade maior, uma constância de jogo. Num campeonato como esse de pontos corridos, não só a regularidade, mas fazer pontuação em casa, jogando contra um adversário que não vai disputar o título é fundamental. Não soubemos usar o contra-ataque depois do gol.

Matheus Alessandro

Jogamos com o Matheus Alessandro de um lado e Marcos Júnior do outro com a intenção de fazer o contra-ataque, pois são jogadores rápidos, de velocidade. O Matheus, na jogada individual, tem ido muito bem, precisa melhorar a parte tática defensiva.

Pedro

O Pedro é esse jogador que estão acostumados a ver, muito técnico, não só fez o gol como serviu o Matheus numa grande chance que tivemos e ainda vai crescer muito mais.