Lewis Hamilton, da Mercedes, vence o GP da Alemanha e lidera Mundial

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou neste domingo o Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1, superando aos finlandeses Valtteri Bottas (Mercedes) e Kimi Raikkonen (Ferrari).

Com esta 66º vitória de sua carreira, Hamilton recupera a liderança do Mundial com 17 pontos a mais que o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que teve de abandonar a corrida na volta 52 por causa de acidente causado pela chuva.

Vettel (Ferrari), que liderava a prova, teve de abandonar a prova ao perder o controle de seu carro, que se chocou a pouca velocidade contra o mureta de proteção.

É a primeira vez que o piloto britânico conquista a vitória depois de sair atrás da sexta colocação. "Sempre é preciso acreditar", explicou o tetracampeão mundial.

"O time fez um grande trabalho, o carro estava fantástico", acrescentou ao final da corrida, sob intensa chuva enquanto soava o hino britânico em honra ao vencedor.

Hamilton, que largou da 14ª colocação por conta de um problema hidráulico em seu carro nos treinos classificatórios, não demorou para assumir a quarta posição. No fim, beneficiou-se da chuva e do azar do rival na luta pelo título.

Depois do carro de segurança deixar a pista pelo acidente de Vettel, Hamilton soube controlar os ataques de seu companheiro Valtteri Bottas.

Vettel, que largou na pole position, precisou deixar a corrida pela primeira vez na temporada. Além disso, não foi desta vez que o alemão venceu o GP no circuito de Hockenheim.

O holandês Max Verstappen (Red Bull) e o alemão Nico Hulckenberg (Renault) terminaram na quarta e quinta colocação, respectivamente.

O mexicano Sergio Pérez (Force India) terminou em sétimo, entre franceses Romain Grosjean (Haas) e Esteban Ocon (Force India).

O sueco Marcus Ericsson e o neozelandês Brendon Hartley somaram pontos ao terminarem na nona e décima posições, respectivamente.

A próxima corrida será no GP da Hungria, semana que vem, antes da parada de verão.

bur/iga/cn/fa