Jogadores se apresentam na Granja Comary na reta final da preparação

Com Neymar, mais ainda sem Marcelo, Casemiro e Roberto Firmino, que, envolvidos com a final da Liga dos Campeões, dia 26 de maio, entre Real Madrid e Liverpool, só se juntarão aos demais jogadores em Londres, a seleção entra hoje na reta final da preparação para a Copa do Mundo da Rússia. Os 20 jogadores são esperados na Granja Comary, em Teresópolis, onde ficarão até domingo, dia 27, quando a equipe brasileira seguirá para a Europa. 

O técnico Tite e todo o staff da seleção chegaram ontem, no início da tarde, em Teresópolis, e vão recepcionar hoje os jogadores, quase todos já no Brasil. Para receber a seleção, a CBF fez uma grande reforma no Centro de Treinamento na Granja Comary, que custou R$ 17 milhões.

A nova concentração foi inaugurada oficialmente na última sexta-feira. Na ocasião, o coordenador de seleções, Edu Gaspar, anunciou que a lista com os 23 convocados para a Copa, anunciados há uma semana, será enviada à Fifa hoje e não no dia 4 de junho, data limite. 

Se a CBF não se antecipasse, os 12 jogadores suplentes que completam a lista de 35 nomes não poderiam atuar mais por seus clubes até o início de junho, o que poderia afetar alguns clubes brasileiros.

Expectativa em relação a Neymar 

Além disso, a CBF mandou na quinta-feira um ofício à Conmebol, que conseguiu junto à Fifa uma autorização  especial para que atletas convocados possam participar da última rodada da fase de grupos da Libertadores, marcada para os dias 22 (amanhã), 23 e 24 de maio. Pela regra da Fifa, 20 de maio seria o último dia para atividades em clubes.

A grande expectativa nesta primeira semana de treinos em Teresópolis é quanto o desempenho de Neymar. O craque já voltou a treinar no campo com os companheiros de Paris Saint-Germain e desde sexta-feira está em São Paulo, dando sequência à recuperação da fratura no quinto metatarso do pé direito. Como já trabalha com a bola, a expectativa é que Neymar esteja em campo contra a Croácia, no dia 3 de junho, em Liverpool,  penúltimo amistoso da seleção antes da estreia na Copa, dia 17, contra a Suíça, em Rostov. Antes, ainda enfrentará a Áustria, em Viena, no dia 10. 

A preocupação maior da comissão técnica é em relação ao condicionamento físico e técnico de Neymar. A fratura em si já não  tira o sono de Tite. O preparador físico Fábio Massaredjian acredita que o camisa 10 da seleção estará em campo na estreia contra a Suíça, mas prevê uma evolução gradativa de Neymar. 

“Gradativamente ele (Neymar) poderá atingir o auge na Copa do Mundo, como o Ronaldo em 2002”, afirmou o preparador físico da seleção, sexta-feira, em entrevista ao canal Sportv.

Os dois primeiros dias na Granja Comary serão de testes e avaliações físicas e médicas. Os jogadores sequer aparecerão no campo. Bola mesmo, só a partir de quarta-feira, quando Tite começará a preparar a equipe para a estreia. Pelo menos no início, Danilo, do Manchester City,  será o titular da lateral-direita. “A vantagem é do Danilo em função de ele estar muito bem. O Fágner ainda está se recuperando”, já adiantou Tite. 

A comissão técnica começou a trabalhar ontem mesmo. Tite e seus auxiliares receberam os analistas de desempenho do Avaí, Ricardo Henry Duarte e Vinícius Frason. Eles  passaram a tarde apresentando os principais pontos da Costa Rica, segundo adversário do Brasil na Copa. Ainda nesta semana, os analistas de Grêmio e Sport, responsáveis pela observação de Suíça e Sérvia, também estarão na Granja Comary.