Napolitanos querem indenização milionária de Douglas Costa

 Um advogado de Nápoles apresentará nesta segunda-feira (21) uma queixa ao Ministério Público da cidade para obter uma "punição exemplar" e uma "indenização milionária" contra o atacante da Juventus Douglas Costa.

O caso nasceu após o brasileiro ter postado no Instagram vídeos que mostravam torcedores da "Velha Senhora" exibindo uma camisa com a frase "Napoli merda" e um caixão azul com o nome de Insigne, principal jogador do clube azzurro.

>> Douglas Costa posta 'caixão' do Napoli e irrita rivais

A ação será movida por Angelo Pisani, advogado de Diego Maradona e de outras causas envolvendo a torcida napolitana. "Faremos um pedido milionário de ressarcimento de danos ao jogador juventino Douglas Costa e às outras pessoas cúmplices de ofensas nas redes sociais, assim como por coros racistas e ilegítimos nos estádios", disse.

Segundo Pisani, 180 torcedores já procuraram seu escritório após os vídeos do brasileiro. "A indenização por dano pessoal e de imagem é quantificado em não menos de 5 mil euros para cada torcedor", declarou.

O objetivo do advogado é atrair para o processo "todos os cidadãos napolitanos que tenham se sentido ofendidos" por supostos episódios de preconceito na festa de comemoração da Juventus pelo heptacampeonato italiano.

"É justo que um jogador, um dito torcedor e seu clube devam pagar se cometerem erros graves. Amanhã mandaremos o convite para tentar um acordo extrajudicial. Caso não seja acolhido, não restará outra opção que não abrir uma ação", acrescentou Pisani.

Napoli e Juventus brigaram ponto a ponto pelo título da Série A, mas a Juve conseguiu disparar na reta final e garantir o "Scudetto" - o sétimo seguido - com uma rodada de antecedência.