Flu luta muito e garante vaga na decisão da Taça Guanabara

Tricolor mostra maturidade, empata em 0 a 0 com Madureira 

O Fluminense está na final da Taça Guanabara. Em jogo emocionante com o Madureira, o Tricolor fez valer a vantagem do empate pela melhor campanha e, com uma defesa 100% em toda a competição, além de muita garra, força de vontade e espírito de luta, avançou para a decisão com a igualdade sem gols no Los Larios. Hora de ir pra cima do Flamengo e buscar mais esta taça.

Desde o primeiro minuto de jogo, ficou claro que seria um confronto equilibrado. O Madureira, time bem organizado e com muita intensidade, tentava surpreender o Tricolor que, por sua vez,  apostava na grande qualidade do ataque para tentar abrir o placar.

Enquanto Souza quase fez de cabeça pelo lado do Madureira, Sornoza descolou belo passe para Wellington Silva invadir pela direita e por pouco não conseguir devolver bola para o equatoriano marcar sem ninguém pela frente. A zaga do adversário salvou.

No fim do primeiro tempo, uma falta fortíssima obrigou Scarpa a deixar o campo com dores no tornozelo direito. Com isso, Abel apostou na entrada de Marquinho e também colocou Richarlison em campo na vaga de Wellington Silva na segunda etapa.

Não tão inspirado como de costume, mas com uma dedicação enorme, o time do Fluminense soube se segurar. Richarlison fez boas jogadas, arriscou ótimos chutes. E o goleiro Júlio César realizou defesas fantásticas quando exigido.

Quando a bola passou do arqueiro tricolor, acertou a trave. Douglas, em busca de parar um contragolpe, acabou levando o segundo amarelo e foi expulso aos 27 minutos do segundo tempo. O Tricolor se defendeu, foi maduro ao segurar o jogo e avançou.

Na garra, na raça e com o título a um confronto de distância, uma campanha praticamente perfeita e que pode ser brindada com uma conquista invicta. Time que luta até o fim e que merece todo o apoio de sua torcida. Não por acaso, Time de Guerreiros.

Com site oficial do Fluminense