Prass encara críticas e projeta Palmeiras forte na Libertadores

Sob o comando de Eduardo Baptista, o Palmeiras vem fazendo um começo de temporada instável. O experiente goleiro Fernando Prass, de peito aberto para encarar as críticas, aposta que o time alviverde chegará forte para sua estreia na edição de 2017 Copa Libertadores.

"Minha opinião particular é que você não pode blindar todo o mundo das críticas, porque elas também te fazem crescer. Se você só aceita elogios e não críticas, fica estranho. Com a cabeça fria, é possível analisar e discernir entre as críticas construtivas e as oportunistas. O jogador tem que saber trabalhar com isso", afirmou.

Atual campeão brasileiro, o Palmeiras iniciou a temporada sonhando com a possibilidade de conquistar a Copa Libertadores e o Mundial de Clubes. Contratado no final de 2012, Fernando Prass conhece bem os diferentes graus de cobrança da torcida alviverde.

"Prefiro esse tipo de pressão por vitórias do que a pressão que sofremos em 2013 e 2014. Temos que saber lidar com isso, porque você trabalha a vida inteira para jogar em um time em condições de ser protagonista e não pode reclamar. Pelos títulos de 2015 e 2016, é natural que aqui haja mais cobrança", disse Prass.

O Palmeiras inicia sua campanha na Copa Libertadores, principal objetivo da temporada, no próximo dia 8 de março, contra o argentino Atlético Tucumán, na condição de visitante. Otimista, Fernando Prass projeta uma estreia em grande estilo no torneio continental.

"O torcedor palmeirense é exigente e apaixonado. É claro que quer ver o time voando e a estreia na Libertadores está cada vez mais perto. Temos consciência que é um título muito importante e difícil. Naturalmente, o time vai melhorar para chegar forte na Libertadores", projetou Prass.

Com nove pontos ganhos, o Palmeiras lidera o Grupo C do Campeonato Paulista. Às 16h30 (de Brasília) deste sábado, o time defendido por Fernando Prass tenta se reabilitar no torneio estadual diante da Ferroviária, no Estádio Palestra Itália, pela sexta rodada.