Goleiro da Chapecoense, Jackson Follmann recebe alta

Jogador era o último que ainda estava internado

O goleiro da Chapecoense, Jackson Follmann, recebeu alta do hospital da Unimed, em Chapecó, Santa Catarina, na manhã desta terça-feira (24). Ele era o último sobrevivente da tragédia com o avião da delegação catarinense, ocorrido em 29 de novembro, que ainda estava internado.

    "Enfim, chegou o grande dia. Estou muito feliz. Saio até com o coração um pouco apertado, porque fiz grandes amigos aqui, que vou levar para a vida toda. Sei do cuidado que todo mundo teve comigo, então me deixou muito feliz e motivado para o momento em que eu saísse daqui. Saio praticamente curado de tudo", disse o atleta em coletiva de imprensa.

    Follmann ainda se mostrou animado para continuar seu tratamento, que inclui a passagem pelo Centro Marian Weiss, em São Paulo, onde colocará uma prótese em parte da perna. "Agora, vamos para mais uma etapa. Vamos para São Paulo", disse empolgado.

    O goleiro perdeu parte do membro no acidente e o local recebeu especial atenção da equipe médica durante os 56 dias de internação - sendo 37 em Santa Catarina.

    Antes de ir para a capital paulista, Follmann - ao lado dos sobreviventes Alan Ruschel e Neto - será homenageado antes da partida pela paz, que Brasil e Colômbia disputarão no Engenhão nesta quarta-feira (25).