Borja interage com palmeirenses e diz que chegada depende de diretorias

Cotado para defender o Palmeiras em 2017, o centroavante Miguel Borga, do Atlético Nacional, teve seus perfis em redes sociais invadido por torcedores do Palmeiras. Diante de inúmeros apelos por sua contratação, o jogador colombiano resolveu interagir com os seguidores.

"Obrigado a todos por escreverem e por acreditarem nas minhas condições como jogador. Minha chegada ao Palmeiras só depende de Deus e dos diretores dos clubes", escreveu Miguel Borja em seu perfil no Instagram, atiçando ainda mais o interesse dos palmeirenses.

Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, admitiu que chegou a procurar pelo Atlético Nacional para averiguar a situação de Borja. De acordo com o representante do clube brasileiro, os valores envolvidos em uma eventual contratação são impraticáveis no momento.

Um dos clubes mais ativos do mercado, o Palmeiras já anunciou oito contratações para a temporada de 2017. São elas o zagueiro Antônio Carlos, o volante Felipe Melo, os meias Hyoran, Raphael Veiga, Michel Bastos e Alejandro Guerra e os atacantes Keno e Willian.

O contrato de patrocínio com a Crefisa/FAM vence no final de janeiro e, caso seja renovado, pode proporcionar novas contratações ao Palmeiras. Os favoritos para substituir Gabriel Jesus, negociado com o Manchester City, são Miguel Borja e Lucas Pratto, do Atlético-MG.