Sidão aposta em bom trabalho do novo técnico da seleção brasileira

Sidão foi um dos principais líderes da extinta equipe de vôlei da Cimed, de Florianópolis, na conquista do título da Superliga masculina 2005/2006. Na quinta e última partida decisiva, contra o Minas, em Belo Horizonte, no dia 29 de abril de 2006, o central marcou 17 pontos, e foi o principal pontuador do time campeão. A Cimed era comandada por Renan Dal Zotto, que garantia ali sua primeira taça como treinador. Onze anos se passaram, e Sidão agora aposta em um bom trabalho de Renan à frente da seleção brasileira.

“Ele é um cara que sabe dá treinos e eu gostava muito dos treinamentos dele. O Renan foi muito bom para mim e acho que ele tem tudo para ser um bom técnico na seleção. Vamos esperar que dê tudo certo. E o fato de o Bernardo estar ali também vai contribuir muito para o trabalho dele. Gosto muito do Renan e só tenho boas lembranças dele daquela época”, disse Sidão, que após a conquista do título na Cimed, transferiu-se para a Itália, onde permaneceu por três temporadas, de 2006 a 2009, no Modena.

Atualmente, o central campeão mundial em 2010 e da Liga Mundial no mesmo ano, recupera-se de uma cirurgia no ombro direito, realizada em outubro. Sidão, que é jogador do Sesi, segue fazendo fisioterapia e trabalhos leves na academia.