Zagueiro brasileiro acusa Juve de copiá-lo em novo escudo

Velha Senhora apresentou distintivo "histórico"

O zagueiro brasileiro Juan Jesus, da Roma, acusou a Juventus de copiar o logotipo de sua marca no novo escudo do clube, que foi apresentado na última segunda-feira (16) e causou espanto no mundo do futebol.

Em sua conta no Twitter, o jogador publicou uma foto de seu símbolo pessoal e escreveu, em italiano: "Quase um copia e cola". Embora diferentes um do outro, os dois desenhos são baseados na duplicidade da letra "J", mas o da marca de Juan Jesus ainda conta com o número "5".

O novo logo da Juve já é visto como revolucionário, embora com muitas reservas, por transformar o clube em estilo de vida e os torcedores em clientes. A partir da próxima temporada, a Velha Senhora não terá seu tradicional escudo - bianconero, com detalhe em amarelo e a emblemática zebra -, substituído por duas letras "J" estilizadas, sob o nome "Juventus".

A ideia remete a uma célebre declaração do ex-presidente da Juve Gianni Agnelli (1947-1954), que dizia se emocionar toda vez que via uma palavra começada por "J" no jornal - o que é bastante raro na Itália, onde a letra é pouquíssimo utilizada.

Segundo o atual mandatário do clube, Andrea Agnelli, trata-se de uma "evolução de linguagem" e uma "mudança histórica". O objetivo é impulsionar o alcance da Velha Senhora no mundo todo, indo além do futebol, embora ainda não esteja claro como a maior campeã da Itália pretenda fazer isso.