Daniel Alves quebra a perna e pode desfalcar a Juventus por dois meses

A fratura na fíbula de Daniel Alves sofrida na derrota contra o Genôva, neste final de semana, não deixará o jogador durante muito tempo fora dos gramados. Nesta segunda-feira o brasileiro passou por uma avaliação médica em Turim e a previsão de retorno acontecerá em 45 dias segundo os médicos responsáveis.

Fato é que Daniel Alves não vestirá mais a camisa da Juventus em 2016. Antes da virada de ano a Velha Senhora ainda possui compromissos importantes tanto no Campeonato Italiano, no qual é líder, quanto na Liga dos Campeões, competição em que encerra sua participação na fase de grupos, no próximo dia 7 de dezembro, contra o Dínamo Zagreb.

"Obrigado a todos pelas mensagens de apoio e carinho. Infelizmente nossa profissão é de risco e acontecem este tipo de acidente. Gostaria também de esclarecer a todos os meus amigos e familiares que não é tão grave. Pronto estarei de volta como sempre, vivendo minha profissão com a entrega que me levou a conseguir uma carreira sólida e de muitos êxitos. Não sei vive-la de outra maneira", escreveu Daniel Alves em uma de suas redes sociais.

Como ficará aproximadamente um mês e meio sem condições de atuar, Daniel Alves segue nos planos do técnico Tite para os dois primeiros compromissos da Seleção Brasileira em 2017. O time verde e amarelo terá pela frente o Uruguai, no próximo dia 23 de março, e o Paraguai, no dia 28.