Jorginho espera jogo duro contra o Náutico e evita projeções para Série B

Tendo que lidar com alguns desfalques, Jorginho finalizou nesta sexta-feira os preparativos para o duelo contra o Náutico neste sábado. O técnico do Vasco ressaltou a importância do duelo contra os pernambucanos e destacou as qualidades dos adversários.

"Em relação à equipe do Náutico, teve uma mudança no comando, algo que provoca também uma modificação na forma de jogar do time deles. Estamos estudando, sabemos que o Givanildo é um treinador muito experiente. É realmente uma equipe que tem um contra-ataque muito veloz. Temos que estar muito atentos", afirmou o treinador.

Sobre a situação cruz-maltina no Campeonato Brasileiro Série B, o comandante vascaíno comentou a importante sequência que o time terá pela frente (encarando Náutico, Paysandu, Londrina, CRB e Paraná, respectivamente), mas preferiu não fazer projeções. O Gigante da Colina é o líder da competição, com 51 pontos, dois à frente do segundo colocado Atlético Goianiense.

"É difícil fazer algum tempo de previsão, seja ela qual for, até porque sempre vamos depender dos resultados dos outros adversários. Mas acredito que os próximos cinco jogos serão bem decisivos em relação ao acesso. Se fizermos bons jogos e ganharmos pelo menos três desses, estaremos matematicamente certos na disputa da Primeira Divisão no próximo ano", analisou.

No último treino antes do confronto contra o Timbu, Jorginho preferiu não fazer mistério e ainda explicou uma das únicas mudanças que promoveu na equipe titular: a entrada de Madson no lugar de Yago Pikachu, suspenso. Quem também fica impossibilitado de disputar o duelo da 28ª rodada da Segundona por conta do terceiro cartão amarelo, é o volante Diguinho, que dá lugar a Julio dos Santos.

"No lugar do Pikachu, não é segredo para ninguém, entra o Madson. Ele tem entrado muito bem. É uma briga muito boa nessa posição. São jogadores diferentes, mas que realmente contribuem muito para a equipe com cada forma de jogar. Em relação ao meio-campo, temos opções para jogar de uma maneira mais ofensiva ou conservadora. Iremos estar decidindo essa situação até amanhã", finalizou.

Vasco e Náutico se encontram às 16h30 deste sábado, na Arena Pernambuco.