Fórmula 1: Organização se diz surpresa por não confirmação de GP Brasil

Em comunicado, organizadores esperam ressaltam contrato vigente e afirmam que etapa de 2016 também não corre risco

O Conselho Mundial da FIA se reuniu nesta quarta-feira (28) em Paris e após o encontro foi divulgado o calendário provisório da Fórmula 1 para 2017. Nele, três etapas ainda aguardam confirmação da entidade: Canadá, Alemanha e Brasil.

No fim da tarde os organizadores do GP do Brasil emitiram um comunicado se dizendo surpresos com a notícia e que esperam que o contrato com a FIA seja cumprido até o fim, no ano de 2020.

"A organização GP do Brasil de Fórmula 1 foi surpreendida, nessa quarta-feira, com a divulgação do calendário provisório do Mundial de F1 para 2017 onde a etapa brasileira aparece condicionada à confirmação."

>> Massa lamenta impasse envolvendo GP do Brasil: “não é legal”

"Há um contrato em vigência até 2020 e que será cumprido rigorosamente como sempre ocorreu nestes 45 anos."

A prova de 2016 também chegou a ser dúvida e os organizadores ressaltaram que "não há nenhuma pendência que possa atrapalhar sua realização".