Gabriel Jesus vê críticas injustas e aprova Neymar como capitão do Brasil

Joia palmeirense saiu em defesa do companheiro de ataque na Seleção Brasileira

Parceiro de ataque de Neymar na conquista da medalha de ouro olímpica, o atacante Gabriel Jesus saiu em defesa do jogador do Barcelona nesta terça-feira. Ao se reapresentar ao Palmeiras, o atleta elogiou a atuação do camisa 10 como capitão da Seleção Brasileira e classificou de "injustos" os questionamentos feitos à postura extracampo do astro do Barcelona.

Para Gabriel Jesus, a conduta que Neymar mostrou no dia a dia da Seleção Brasileira é condizente com a função de capitão que ele vinha exercendo. "[As críticas] são muito, muito injustas. Às vezes as pessoas falam sem saber, não estão presentes no cotidiano. Eu não conhecia o Neymar. E ele mostrou ser muito bacana, humilde e merecedor de tudo que vem acontecendo na vida dele", disse o atacante.

O jogador de 19 anos espera que Neymar desista da ideia de entregar a faixa de capitão da Seleção principal ao técnico Tite. Após conquistar a medalha olímpica, o camisa 10 disse que não gostaria mais de ocupar o posto e pediu para o treinador escolher outro nome. A decisão foi tomada pelo atleta depois que torcedores passaram a questionar o comprometimento que ele mantinha com a Seleção.

"Ele é um líder, sim. Muitos falam que ele não poderia ser o capitão, mas é um líder. Sempre tratou todo mundo da mesma forma. Todos têm um trabalho, mas podem fazer o que quiser da vida quando estão fora dele. E o Neymar mostrou para todo mundo que é muito comprometido quando está no trabalho", afirmou Jesus.

O atacante palmeirense voltará a encontrar Neymar no próximo mês, ao se unir à Seleção que enfrentará Equador e Colômbia, nos dias 1 e 6, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Convocado na segunda-feira por Tite, Jesus disse que já está "mais sossegado" com a chance de defender o time canarinho. "Espero que seja a primeira de muitas. Trabalharei e me doarei ao máximo para isso", declarou.

Com a ida para a Seleção, Gabriel Jesus desfalcará o Verdão em até dois jogos. Ele será baixa certa para o duelo contra o Botafogo-PB, no dia 31 deste mês, pela Copa do Brasil. Há, no entanto, a chance de o jogador chegar a tempo de reforçar o Verdão no clássico com o São Paulo, em 7 de setembro, pelo Brasileiro. Uma avaliação das condições físicas do atacante determinará se ele poderá ir a campo no Choque-Rei.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais