Fluminense espera que Fred recue e fique no clube

O Fluminense quer manter o atacante Fred no clube. O jogador deixou claro que não atuaria mais na equipe sob o comando do técnico Levir Culpi. Mas o presidente do Tricolor, Peter Siemsen, disse, durante entrevista coletiva na tarde desta terça, que espera um acordo com o atleta, para que ele reforce o time na final da Primeira Liga e nas semifinais do Campeonato Carioca.

"Ele apresenta uma insatisfação no momento e estamos tentando resolver o problema da melhor maneira possivel. Queremos que ele reflita e possa voltar a se integrar ao grupo. Estamos na fase final de duas competições, obviamente queremos muito contar com o atleta pra deixar o Flu mais forte", afirmou Peter, na sala de imprensa lotada da sede das Laranjeiras.

Apesar do discurso conciliador, o Fluminense trabalha com a perspectiva de ruptura. A eventual saída de Fred teria reflexo direto na folha de pagamento do clube. O jogador tem salário de R$ 800 mil mensais.

Fred ficou sem ambiente no clube ao entrar em choque com Levir Culpi. A disputa de poder entre os dois teve seu momento mais tenso quando ele pediu dispensa, no sábado, da equipe que ia enfrentar o Volta Redonda,  no domingo, pelo Campeonato Carioca. Estava se sentindo desprestigiado pelo treinador.

"Não recebemos nenhuma proposta. Queremos que ele fique, e estamos tentando isso. Com relação ao Levir, ele fica, sim", prosseguiu Siemsen. O dirigente acrescentou ainda que Fred não fez nenhuma queixa do técnico para a diretoria.

Peter Siemsen não garantiu a presença de Fred no treino com o grupo amanhã nas Laranjeiras.  Afirmou que provavelmente ele fará atividades separado dos demais.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais