GP2: Negrão termina em 15º em prova encurtada na Rússia 

O paulista André Negrão (Arden International) terminou em 15º lugar na abertura da rodada dupla do GP da Rússia, 9ª e antepenúltima etapa da Fórmula GP2. A vitória foi do norte-americano Alexander Rossi (Racing Engineering), que conseguiu adiar o sonho da conquista antecipada do título pelo belga Stoffel Vandoorne (ART GP), o terceiro colocado na prova deste sábado no circuito de Sochi. Com 100 pontos de vantagem sobre Rossi, único ainda com chances matemáticas de se tornar campeão, Vandoorne deve liquidar a fatura na corrida curta de amanhã e transformar em mero cumprimento de tabela os GPs do Bahrein e de Abu Dhabi.

A prova foi reduzida das 28 voltas previstas para apenas 15 depois de um acidente pouco depois da largada que envolveu quatro carros e demandou um longo tempo para os reparos nas barreiras de proteção. Com a noite se aproximando, a organização decidiu diminuir drasticamente a duração da disputa. Rossi saiu em terceiro, logo superou Vandoorne e contou com a sorte ao ver o inglês Alex Lynn bater sozinho quando parecia a caminho da vitória depois de partir na pole. Foi a terceira vitória do americano nas últimas quatro etapas.

Negrão largou em 11º e ganhou duas posições na volta inicial. Na relargada, no entanto, a falta de potência do seu motor voltou a se manifestar e ele não pôde impedir a passagem de adversários mais rápidos. "O motor estava muito ruim, como vem acontecendo há algum tempo. E hoje foi tudo pior porque a pista estava bastante fria por causa do horário e os pneus não aqueciam. A consequência foi o surgimento de bolhas", explicou. 

Para complicar o quadro, Negrão foi punido com acréscimo de cinco segundos ao seu tempo total por excesso de velocidade no pit lane durante o pit stop, caindo uma colocação no resultado final. 

O complemento da programação está marcado para as 5h05 (Brasília). Negrão sairá na mesma posição em que fechou a primeira bateria e não alimenta maiores expectativas. "Está difícil, mas vamos ver o que dá para fazer".