Bom de grupo, M. Oliveira confirma retorno de Alecsandro

O técnico Marcelo Oliveira confirmou o retorno do atacante Alecsandro ao Palmeiras para o duelo contra o Atlético-PR, no domingo. Depois de se lesionar na primeira partida do treinador no comando da equipe, contra o Grêmio, o centroavante vai ao banco de reservas no Allianz Parque. Se a briga no ataque está acirrada, Alecsandro tem uma vantagem em relação aos companheiros: a personalidade diante do grupo é vista com bons olhos pelo treinador.

"O Alecsandro vai ser relacionado. É um jogador que gosto muito. Pessoalmente também. É jogador que sempre quero que esteja no grupo", afirmou Marcelo Oliveira. Alecsandro busca uma vaga na posição mais disputada no Palmeiras no momento atual. Leandro Pereira vive boa fase, Barrios foi a grande contratação do clube e Cristaldo virou xodó da torcida pelos gols em segundo tempo. Na primeira semana de atividades depois da lesão, Alecsandro treinou bem, principalmente no jogo-treino contra o São José.

Para administrar tamanha situação, o treinador pede calma para os quatro jogadores, e estuda até colocar Alecsandro e Cristaldo no meio-campo em situações específicas. "Eu converso muito com eles, às vezes individualmente, mas muito coletivamente conscientizando dessa situação, em que muitos da posição podem ser titulares. O Cristaldo e o Alecsandro podem fazer outra função em jogos estratégicos. Jogando em casa você ganha altura. Fora um pouco menos, vamos usar mais os meias", analisou o treinador.

"É uma situação que precisam entender. Todos têm muita qualidade e são um investimento do clube. Tem que estar muito bem preparados. Se entrarem jogando bem, vão ficando", completou. Outra novidade contra o Atlético-PR será o retorno do zagueiro Leandro Almeida. Suspenso contra o Vasco da Gama, o jogador treinou na vaga de Jackson nesta sexta. Vitor Hugo segue fora por causa de uma fratura na face. De acordo com Marcelo Oliveira, a força rubro-negra nos cruzamentos motivou a escolha na defesa.

"O Jackson também cabeceia bem, mas acho que formamos uma dupla de zaga boa na bola aérea. Estimulei bastante isto no treino de hoje, porque temos ótimos cabeceadores. Temos ótimos zagueiros, capazes de jogar, mas temos de ver qual a melhor dupla para seguir no campeonato", contou.

Outra preocupação de Marcelo Oliveira para domingo é o contra-ataque. Nos trabalhos durante a semana, ele motivou muito o time reserva para utilizar jogadas em velocidade, com o objetivo de simular o que encontrará no Allianz Parque. "Nós temos esse hábito de esboçar o time B de acordo com o adversário. Incentivei muito contra-ataque na atividade. É uma situação que a gente pode conviver no jogo. O Atletico-PR é um time muito bem preparado, com velocidade de contra-ataque. A gente tem que estar preparado para isso", analisou o técnico.