L. Lima cita outras propostas e diz que pode deixar o Santos

O meia Lucas Lima externou ter recebido outras propostas além da feita pelo Porto, de Portugal, rejeitada em meio ao litígio com o seu ex-agente, Edson Khodor. O camisa 20 santista acredita, inclusive, que “a porta não se fechou” no clube português e não descartou a possibilidade de uma saída até o fim da janela de transferências, que fecha em 31 de agosto.

“Chegaram outras (propostas), sim. A mais concreta foi a do Porto mesmo”, disse o jogador. “Acho que a porta não se fechou, não (no Porto). Envolve a Doyen, também, mas é claro que há a vontade de jogar nos clubes grandes”, completou, deixando em aberto a chance de ainda deixar o clube.

“Tem praticamente um mês para a janela se fechar, mas o meu foco é dar continuidade no trabalho aqui no Santos. Estamos saindo de uma situação que estava bem ruim para nós, mas claro que no futebol tudo pode acontecer”.

O Terra noticiou que a arma do clube para convencê-lo contou, principalmente, com um aumento substancial de salário. O preço, por sua vez, será a quebra do teto de R$ 200 mil mensais imposto desde o início da gestão do presidente Modesto Roma Júnior.

Lucas já havia recebido um considerável reajuste no início do ano quando rejeitou a proposta do Torino, da Itália, e passou a ganhar R$ 150 mil mensais. O novo aumento proposto chegará a 133% e supera o anterior, de 100%, elevando o seu salário para R$ 350 mil. Ele é o segundo jogador mais bem pago no elenco e o primeiro a quebrar a barreira do teto salarial imposto pela nova diretoria.

O jogador rompeu com o seu empresário, Edson Khodor, e anunciou um acordo com Wagner Ribeiro, reconhecido pelas transferências envolvendo altas cifras de Robinho, Lucas e outros jogadores para o exterior.

“Sabemos da qualidade dele como agente, é uma excelente pessoa, também, mas como falei tudo tem o seu tempo. Estou muito feliz no Santos, deixei claro que queria permanecer no Santos para chegar à Seleção, que é um sonho”, afirmou.

“Não me incomoda (a questão de rompimento com o empresário). Como falei, tenho deixado isso de lado. Por motivos meus tivemos uma briga e acabamos nos separando, mas ele tem os 10% e sempre vai ter enquanto estiver jogando”, emendou.

Lucas Lima volta ao Santos para o duelo contra o Flamengo, no domingo, no Maracanã, após duas rodadas de ausência devido a suspensão e uma amigdalite.