Diretoria do Fluminense não descarta negociar Cícero

A diretoria do Fluminense não descarta negociar o meio-campista Cícero, reintegrado ao clube tricolor após ser liberado pelo Al Gharafa, do Catar. O Cruzeiro já demonstrou interesse pelo atleta que está causando polêmica na chegada.

Cícero deve ter dificuldades para encontrar espaços no time dirigido por Enderson Moreira, uma vez que o clube das Laranjeiras conta com várias opções para o setor de armação e ainda contratou Ronaldinho, que deve ser o titular absoluto.

Além do alto salário, Cícero ainda tem problemas de relacionamento com o elenco, segundo informações publicadas pela ESPN. A volta do jogador, que tem contrato até 2018, teria sido contestada pelos atletas mais influentes do grupo. Eles teriam se desentendido com Cícero na última passagem dele pelas Laranjeiras.

A assessoria de imprensa do Fluminense chegou a negar a realização de uma reunião entre membros da comissão técnica e os líderes da equipe, inclusive Fred, para vetar o retorno de Cícero, como chegou a ser anunciado.

A insatisfação dos jogadores com o comportamento de Cícero teria nascido no ano passado, quando ele se irritou com o técnico Cristovão Borges ao ser substituído. A reação do jogador foi duramente criticada pelos atletas que eram liderados por Fred.

O técnico Enderson Moreira negou ter qualquer restrição ao retorno de Cícero e disse que ele será incorporado normalmente. O jogador deve ser regularizado até a próxima sexta e, se o treinador desejar, pode ser incluído na relação dos jogadores que enfrentarão o Grêmio, sábado, no Maracanã.