Berlusconi e Taechaubol assinarão pré-acordo para compra do Milan

No próximo fim de semana, será assinado um pré-acordo entre o ex-primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi e o magnata tailandês Bee Taechaubol para a cessão de 48% das ações do Milan.    

Com isso, adia-se a confirmação definitiva da entrada do bilionário asiático como sócio minoritário do clube rossonero, mas as duas partes dizem estar "confiantes" de que as negociações serão concluídas em breve.    

Berlusconi e Taechaubol se reuniram nesta quarta-feira (29) em Arcore, na província de Milão, e devem se encontrar novamente ao longo da semana. Segundo fontes próximas às tratativas, os dois não excluem a hipótese de assinar o contrato apenas depois do verão europeu.    

No último dia 5 de junho, a Fininvest - holding da família do ex-premier - emitira uma nota oficial afirmando que iria discutir com o magnata um acordo para a venda de 48% das ações do clube.