Vasco muda discurso e recorre ao Maracanã no Dia dos Pais

A briga da diretoria do Vasco com o Consórcio Maracanã parece que ganhou a bandeira branca. Nas últimas semanas, o presidente Eurico Miranda tinha assegurado que o time só jogaria no estádio quando fosse visitante, como foi contra o Fluminense. No entanto, no primeiro jogo da equipe às 11h (horário de Brasíia) no Campeonato Brasileiro, o Maracanã será o palco da partida contra o Joinville.

Segundo a nota emitida pela direção do clube, o apelo da partida, o incentivo do Dias dos Pais e por ser a primeira partida disputada neste horário no Rio de Janeiro, a opção é por um espaço maior para o torcedor do Vasco.

Nesta quarta-feira, o time enfrenta o Corinthians, às 22h (horário de Brasília), sem o goleiro Martín Silva e o zagueiro Aislan, barrados pelo técnico Celso Roth.