Enfim palmeirense, Fellype Gabriel relata drama e tratamento com bife

Fellype Gabriel finalmente foi apresentado pelo Palmeiras nesta quarta-feira. Fora há quase um ano, o meia comemorou estar liberador para jogar, principalmente pelo modo como a sua recuperação foi tratada no Sarjah, dos Emirados Árabes. Fellype contou que até um bife foi utilizado para tratar uma de suas lesões.

“A temporada lá começa em julho, e eu tive uma lesão em um amistoso. Desde então fiquei sem jogar, por isso voltei ao Brasil. A parte médica lá é bem complicada. Até bife no pé coloquei”, contou o camisa 30, antes de explicar.

“Tinha tomado uma pancada no peito do pé em um jogo e ele inchou. Era um jogo importante e o outro estrangeiro não podia jogar. Antes, ele falou que queria fazer um negócio no pé. Sentei na maca, ele foi na geladeira e pegou um pedaço de bife. Falou que colocou uns remédios. Não conseguia nem fechar a chuteira. Isso me preocupou muito, até chamei um fisioterapeuta brasileiro”, completou o jogador.

O Sharjah quase foi rebaixado na última temporada, ficando na antepenúltima colocação do campeonato local. O time é treinado pelo brasileiro Paulo Bonamigo, com passagem pelo Palmeiras em 2005. Fellype Gabriel machucou o joelho esquerdo em julho e nunca mais voltou a jogar. Ele decidiu retornar ao Brasil para tentar se recuperar, treinando no Palmeiras antes mesmo de assinar contrato.

“Levei brasileiro para ajudar, mas ele (médico) não deixava tocar nos árabes, só nos brasileiros. Os árabes me ligavam para às vezes ir na minha casa ser atendido porque no clube não deixavam. Viviam com lesões, e era só infiltração. Lamento muito não poder ajudar mais os companheiros”, afirmou Fellype.

Apesar de todos os problemas, o camisa 30 diz estar pronto para jogar, apesar de não estar 100% fisicamente, e não se importa com a forte concorrência na posição.

“Agora estou preocupado em me dedicar aos treinamentos, sei das minhas capacidades e da dos companheiros. No futebol tudo muda muito rápido, tem suspensões, lesões. Em um grupo grande e de qualidade tem que estar pronto quando for chamado”, afirmou.

Fellype já treina normalmente com o elenco e está regularizado para fazer a sua estreia. Ele conta com a vantagem de poder jogar tanto pelo meio como pelos lados do campo. Ele foi um pedido de Oswaldo de Oliveira, com quem trabalhou no Botafogo e no Japão. Agora com Marcelo Oliveira, ele busca recomeçar a carreira após um ano, de preferência sem bife. “Eu pensei até em comer, porque o bife estava bonito. Não tinha uma gordura”, brincou Fellype Gabriel.