Maradona concorrerá à presidência da Fifa, diz amigo

Informação foi divulgada por jornalista Victor Hugo Morales

O ex-jogador argentino Diego Maradona irá concorrer à presidência da Fifa, de acordo com um anúncio feito nesta segunda-feira (22) por seu amigo e jornalista uruguaio Victor Hugo Morales. 

"Telefonei para Maradona para perguntar como seu pai está de saúde. Ele me respondeu que estava tudo bem e que concorreria à presidência da Fifa, me autorizando a divulgar a notícia", contou o jornalista. Maradona, de 54 anos, há tempos era um crítico de Joseph Blatter, que renunciou à presidência da Fifa no início de junho, após a entidade ficar ao centro de uma investigação de corrupção conduzida pela Justiça dos Estados Unidos. 

Recentemente, o brasileiro Zico também anunciou sua intenção de concorrer ao cargo máximo da entidade futebolística mundial, assim como o presidente da Associação Liberiana de Futebol (LFA, na sigla em inglês), Musa Bility. (ANSA)