M. Oliveira aposta em trunfo por sequência: Allianz Parque

Marcelo Oliveira estreou perdendo para o Grêmio em Porto Alegre, mas aposta no que já definiu como trunfo para ter sucesso no Palmeiras: os jogos em casa. O técnico diz sofrer tanto ou mais que a torcida com maus resultados e crê na sequência de três jogos em casa nas quatro próximas rodadas do Brasileiro para melhorar na classificação.

"Temos um elenco de qualidade e temos que formar um time, ajustando à medida que trabalhamos. Mas a perspectiva é boa agora com dois jogos em casa, outro contra a Ponte Preta fora de São Paulo e, depois, de novo em nosso campo. Vamos fazer uma meta para esses quatro jogos e avançar na tabela", indicou o técnico.

O Palmeiras terá duas rodadas seguidas em seu estádio: recebe o São Paulo, neste domingo, e a Chapecoense, no dia 1º. No dia 5, enfrenta a Ponte Preta em jogo vendido pelo clube campineiro para Cuiabá (MT) e, três dias depois, volta a atuar no Allianz Parque, diante do Avaí.

Marcelo Oliveira nunca trabalhou no reformado estádio palmeirense, mas já chegou apontando-o como trunfo e espera usá-lo para se distanciar da zona de rebaixamento, atualmente a dois pontos do Palmeiras. Para cumprir as expectativas, o time precisa melhorar, pois tem só uma vitória, dois empates e uma derrota como mandante.

Costumeiramente rigorosa, a torcida tem no novo técnico alguém que a compreende, segundo o próprio Marcelo. "O torcedor das grandes equipes é igual por todos os lados, sempre vislumbrando a vitória. Assim como nós. Ninguém sofre mais do que eu como profissional e técnico quando não ganhamos. Tem milhões de pessoas que sofrem tanto quanto eu, mas não mais", definiu.

A esperança de Marcelo é pelo apoio que os palmeirenses sempre mostraram ao longo dos 90 minutos - vaias costumam aparecer mais no intervalo ou no fim das partidas. "O torcedor precisa nos empurrar muito, principalmente em casa, onde é fundamental termos um aproveitamento alto. Trabalhamos com a perspectiva de vitória e vamos buscar", prometeu o técnico.