Santos controla Corinthians na Vila e vence após um mês

Gol de R. Oliveira foi único diferencial de clássico sem inspiração; Timão mandou 2 na trave no fim

Um gol no início do jogo foi o diferencial para o resultado final do clássico sem inspiração entre Santos e Corinthians. Na Vila Belmiro, a equipe da casa abriu o placar aos 10min do primeiro tempo com Ricardo Oliveira e conseguiu controlar o restante da partida. A equipe de Tite até tentou pressionar na reta final e acertou duas bolas na trave, mas o 1 a 0 do time da Baixada Santista tirou os mandantes da zona de rebaixamento com a volta das vitórias após um mês e, por consequência, fez os corintianos saírem do G-4. Veja todos os detalhes do jogo aqui.

O clube da Vila Belmiro não vencia há seis jogos – cinco pelo Campeonato Brasileiro e um pela Copa do Brasil. A última vitória havia sido sobre o Cruzeiro, em 17 de maio. No período, até tentou contratar Oswaldo de Oliveira, mas permaneceu com Marcelo Fernandes no comando do time.

Com duas equipes em crise por falta de dinheiro e com o elenco em mudança, o jogo não foi dos melhores no tradicional clássico. O Corinthians começou de forma lenta e inicialmente só observava o Santos. Nesta toada, levou o primeiro gol logo na primeira chance dos mandantes: Ricardo Oliveira, em posição duvidosa, conseguiu balançar as redes com um pouco de ajuda do goleiro Cássio.

O duelo foi de poucas oportunidades e muitos erros dos dois lados. O time da capital teve trabalho com a velocidade santista, e no ataque mostrou falta de entrosamento do quarteto ofensivo formado por Renato Augusto, Jadson, Mendoza e Vagner Love. Tite até foi obrigado a aumentar o poderio com Luciano na vaga de Petros no segundo tempo.

A partida só foi finalmente esquentar nos minutos finais, quando o Corinthians, em um mesmo lance, perdeu duas chances claras, uma delas na trave. O time da capital ainda acertou outra na trave pouco depois, com Edilson, e deixou o campo lamentando as chances desperdiçadas na derrota.

O tom de lamentação será ainda maior pelos corintianos terem saído do G-4: com a vitória do Atlético-MG sobre o Flamengo, cai para quinto, com 13 pontos. Já os santistas saem da zona de rebaixamento e dão grande salto, indo ao 11º lugar, com 10 pontos.

Agora, ambos os times voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro só no próximo fim de semana. Em casa, o Corinthians pega o Figueirense às 21h (de Brasília) de sábado em Itaquera. Já os santistas terão que viajar: encaram o Inter às 18h30 do domingo no Beira-Rio.

GOL:

Santos 1 x 0 Corinthians – 10min do primeiro tempo Longuine acertou ótimo passe nas costas de Dracena e Edu Dracena, pelo lado esquerdo da área, chutou forte para superar Cássio.

De novo expulsão?

Além de ver sua equipe ter uma atuação abaixo da média, Tite voltou a sofrer com um problema que tem marcado a temporada 2015 do Corinthians: expulsão. Desta vez, vou Fagner, que complicou os visitantes em momento crucial. O santista Rafael Longuine tinha acabado de ser expulso e Tite sacou Edu Dracena para a entrada de Danilo quando o lateral parou contra-ataque e foi expulso.

Santos venceu sem Lucas Lima...

O Santos está prestes a perder seu principal jogador: Lucas Lima, um dos melhores meio-campistas do Brasil na atualidade, está muito perto de ser negociado com o Porto-POR. Neste sábado, o atleta estava suspenso por três cartões amarelos, mas mesmo assim o time da Baixada Santista conseguiu vitória em clássico.