Raios paralisam partidas do Grand Slam de Vôlei de Praia em São Petersburgo, EUA

As atividades de quadra na manhã desta sexta-feira (19), pelo Grand Slam de São Petersburgo foram suspensas por cerca de três horas, em razão do risco de uma tempestade atingir a costa sul dos Estados Unidos.

A paralisação ocorreu por volta das 10h45 no horário local (11h45 no horário de Brasília), quando raios começaram a cair nas proximidades da baía de Tampa, onde o evento está sendo realizado. Ao mesmo tempo, fortes rajadas de vento eram notadas, vindas da região do Golfo do México.

Após a determinação por parte dos organizadores da competição do Circuito Mundial 2015, todo o complexo montado foi rapidamente evacuado - é comum a incidência, inclusive, de tornados e furacões no estado da Florida.

No momento da interrupção dos jogos, as atuais campeãs brasileiras de vôlei de praia e líderes da corrida olímpica por uma vaga aos jogos do Rio 2016, Larissa e Talita, estavam em quadra contra as chinesas Fan Wang e Yuan Yue, com o primeiro set em andamento e o placar de 11/10 a favor das brasileiras, na terceira e decisiva partida da fase de grupos.

Em outra quadra, Lili e Carol Horta realizaram o aquecimento para enfrentar as norte-americanas Lane Carico e Kimberly Dicello. Antes disso, pela repescagem do torneio masculino, Pedro Solberg e Evandro venceram os poloneses Bastosz Losiak e Piotr Kantor por 2 sets a 0, com parciais iguais de 21/19, em 43 minutos. Às 13:45, no horário de Tampa, os jogos que estavam em andamento às 10:30 foram retomados. As informações são da Confederação Brasileira de Voleibol.