Pai de Maradona está internado em 'coma induzido'

Parentes dizem que 'situação é irreversível'

"Don" Diego Maradona, 87 anos, pai do ex-jogador argentino, está em "coma induzido" no hospital Los Arcos, em Palermo, na Argentina, informa a mídia do país nesta terça-feira (02). 

Um dos filhos, Lalo, confirmou a gravidade da situação e disse que a internação se deve ao fato de seu pai "estar em uma idade muito avançada". De acordo com os jornais, "Don" Diego está com água nos pulmões e com graves problemas no coração, sendo que a situação seria "irreversível".    

O ex-jogador adiantou sua viagem de volta de Dubai, onde estava com sua namorada e uma de suas filhas, para hoje e deve chegar nas próximas horas à capital argentina.    Essa é a terceira vez no ano que o pai do ex-atleta é internado, sendo que a última vez que foi ao Los Arcos, em maio, permaneceu por 10 dias no local por causa de uma infecção urinária. Em outubro do ano passado, Maradona foi internado por causa de problemas no coração e por pressão alta.    

Alguns portais argentinos chegaram a especular que a internação foi causada pelo quadro de depressão que o senhor de 87 anos estaria enfrentando. Em julho do ano passado, a casa em que ele vivia sofreu um incêndio e todas as memórias impressas da família foram perdidas. Desde então, as internações de Maradona, que sofre com o mal de Alzheimer, aumentaram.    

Apesar disso, seus filhos sempre negaram que o pai sofra com a doença e dizem que ele estava "de muito bom humor" nos últimos dias.