Federer bate bósnio e espera por carrasco Monfils nas oitavas de Roland Garros

Nos dois últimos encontros entre Federer e Monfils o francês saiu vitorioso

Segundo colocado no ranking mundial, o tenista Roger Federer segue inabalável em sua caminhada rumo ao bicampeonato de Roland Garros. Na manhã desta sexta-feira, no saibro parisiense, o suíço não deu chances ao jovem bósnio Damir Dzumhur (88º do mundo), de 23 anos, e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/2, em 1h32 de partida, pela terceira rodada.

Campeão do Grand Slam francês em 2009, Federer poderá ter uma parada indigesta nas oitavas de final: Gael Monfils, cabeça de chave número 13. O francês venceu o número 2 do mundo nos dois últimos encontros: 3 sets a 0 na final da Copa Davis de 2014 e 2 a 0 nas oitavas de final do Masters 1000 de Monte Carlo, neste ano.

No retrospecto geral, Roger leva vantagem, com oito triunfos em 12 duelos, porém ultimamente vem tendo dificuldades principalmente no saibro. No entanto, antes disso, Monfils terá de confirmar o favoritismo diante do uruguaio Pablo Cuevas (23º do mundo). Os dois se enfrentam ainda nesta sexta-feira.

Dono de 85 títulos na carreira, sendo 11 no saibro, Roger Federer busca sua quarta conquista na atual temporada. Ele já venceu os ATPs 250 de Brisbane e Istambul e o ATP 500 de Dubai. Roland Garros é o único Grand Slam que o suíço venceu uma única vez. Ele é tetracampeão na Austrália, hepta em Wimbledon e penta do Aberto dos Estados Unidos.